Abordagem Vendedora

Abordagem Vendedora, esse é o terceiro tema das Nove Habilidades Vencedoras para vender mais. Inseri um trecho da Palestra de Vendas que ministrei no Congresso dos Maiores Vendedores de Brasil

Você perceberá na prática como a Abordagem Vendedora diferencia um vendedor extraordinário dos comuns. Se desejar assistir um trecho de outro vídeo de uma palestra sobre abordagem de vendas (clique aqui).

Quando você pensa em vendas você possivelmente pensa no bordão “Posso ajudar?” essa frase não é dita por um bom vendedor, na verdade hoje ela é evitada ao máximo por qualquer um que pesquisou um mínimo sobre vendas.

Todo vendedor precisa saber que o cliente está exausto de ser abordado, ele é abordado na rua pelos anúncios nos outdoors, abordado pela rádio no carro, assistindo televisão, até mesmo antes de assistir um vídeo na internet ele é forçado a olhar 5 segundos de algum produto fantástico, a todo momento uma “proposta imperdível” aparece em todos os lugares.

Destacar-se diante disso exige uma criatividade absoluta do vendedor e uma renovação constante em suas técnicas, essa renovação pode ser exigir muita criatividade, porém uma boa abordagem é algo que pode marcar o cliente para sempre e relacionar a imagem do vendedor, à uma boa lembrança.

Os campeões de vendas marcam as pessoas logo nos primeiros instantes da reunião, a forma como você aborda o cliente é o ponto decisivo para que ele decida confiar ou não em quem você e nas coisas que você fala, o instinto das pessoas sempre irá falar mais alto nos primeiros momentos de um encontro, a forma na qual essa abordagem acontece vai passar a sensação de perigo ou de credibilidade para o cliente.

Abordar as pessoas de forma criativa facilita boa parte da construção do relacionamento e influencia diretamente no sucesso da captação de novos clientes.

Além da criatividade, a habilidade da Abordagem Vendedora é um conjunto de comportamentos que estão constantemente passando mensagens para seu cliente, não basta ser original você precisa transmitir confiança e ela se constrói através da sua atitude, voz, palavras e linguagem corporal. Cada cliente é único e a sintonia precisa ser encontrada todas as vezes que você conhecer alguém. Após encontrar a harmonia  o vendedor pode começar a construir o relacionamento.

Se você precisar causar uma boa impressão em uma entrevista ou se for conhecer alguém, esse ponto está a seu favor.

No próximo artigo falarei sobre objetividade.

Até breve. Forte Abraço!

 

Cláudio Luvizzotti

Palestrante de Vendas

 

 

Sobre o Autor Luvizzotti

Palestrante de Vendas, autor e treinador especialista em otimização de resultados de vendas há 17 anos. Com mais de 250.000 participantes, centenas de empresas em mais de mil eventos realizados.
Autor de diversos DVDs de treinamento, autor dos livros “Aprenda para Não Esquecer” e “Vendendo até em Pensamento”.

Deixe um Comentário