Sobre

Palestrante, pesquisador e estudioso de Sistemas Facilitadores da Aprendizagem, com formação em Administração, mestrando Inovação e Empreendedorismo pela UPM – Espanha (Universidade Politécnica de Madri).




Há mais de dezessete anos vem atuando como uns dos conferencistas mais bem sintonizados e alinhados com a realidade dos desafios, das oportunidades e tendências do Novo Brasil. Registrado no Livro dos Recordes (RankBrasil), como o Brasileiro da Melhor Memória do País, e uma das melhores do mundo.

Autor dos livros “Aprenda para não esquecer” e “Vendendo até em pensamento”, tem se destacado como um dos palestrantes mais solicitados do país no segmento de treinamentos e workshops de Soluções Corporativas em Aprendizagem Acelerada e Expansão da Capacidade Intelectual.

Reconhecido por seu estilo prático e motivador, tem como marcas registradas seu incrível nível didático e conteúdo intelectual, permitindo condições essenciais para que seja assegurada uma forma de aprender participativa, integral, dinâmica, humorada e inteligente.

Suas palestras, cursos e treinamentos são contratados por Empresas, Universidades, associações Comerciais, CDLs, Órgãos Públicos Federais e prestigiados por profissionais de altíssimo nível: empreendedores, líderes, profissionais liberais, vendedores, universitários e colaboradores das maiores e melhores empresas e multinacionais do mercado nacional.
Um pouco da história de Luvizzotti:

Em maio de 2000, com apenas 20 anos de idade, Cláudio Luvizzotti, recém-formado no Curso de Administração de Empresas, funda o Instituto DETMA – Desenvolvimento de Técnicas de Memorização e Aprendizagem.

Inicialmente com o foco de trabalho em empresas, no setor de capacitação de pessoas, ministrando treinamentos para o desenvolvimento e expansão da capacidade da atenção, concentração e aprendizagem no trabalho.

Dada a importância desse tema e dos resultados positivos apresentados em cada turma formada, o Curso DETMA começou a ser ministrado também em Universidades, Escolas, Cursos Preparatórios, Associações Comerciais, CDL’s e Sindicatos de todo o país.

Alguns números, nos últimos dezessete anos:

  • +210 cidades visitadas;
  • +990 eventos realizados; e
  • +250.000 pessoas impactadas.

Saiba mais sobre o Selo de Qualidade WEC clicando aqui.


Conquistas

  • maior memorização coletiva
  • melhor memória do brasil em palavras
  • melhor memória do brasil em números

O professor José Cláudio Luvizzotti esteve em um colégio de Curitiba, junto com os auditores do RankBrasil, para realizar o recorde de “Maior Número de Acertos em Memorização Coletiva”.

O professor contou com uma platéia de 397 pessoas, entre elas adolescentes e professores, que ficaram entusiasmados com a palestra e com as técnicas de memorização que forma sendo explicadas. “Isso tudo é muito importante, achei a palestra muito dinâmica. Não podemos reduzir tudo a decoreba, mas temos que levar em consideração a aprendizagem”, afirma um dos professores do colégio.

Durante toda a palestra o trabalho da aprendizagem foi sendo reforçado por Cláudio Luvizzotti, e em nenhum momento esqueceu que estava apresentando seu conteúdo para adolescentes. Durante todo o tempo usou palavras de fácil acesso, conteúdo lúdico manteve a interação com os alunos e o dinamismo constante.

Depois de terminar sua palestra que teve a duração de 40 minutos, lançou um desafio para o público, e garantiu que quem prestasse atenção memorizaria 60 palavras em pouco tempo. Desafio lançado, desafio aceito.

O tempo total para a memorização foi de 24min11, contados desde o momento em que as palavras foram apresentadas até o começo da prova.

Com uma técnica bem curiosa e bem estimulante o professor foi narrando uma história com as palavras e fazendo com que os estudantes ficassem atentos.

“A memória é seletiva, temos que escolher nossa própria linguagem”, explica Luvizzotti. Os alunos ficaram surpresos com a técnica e com a rapidez que conseguiram memorizar as palavras, “eu jamais imaginei que iria aprender 60 palavras em tão pouco tempo, pois sou muito esquecida”,afirma uma aluna do ensino médio.

A equipe do RankBrasil acompanhou todo o recorde para que não houvesse influência alguma no resultado final do teste. Segue uma tabela com os números obtidos.

Tabela explicativa (comparação):

  • Número de participantes que assistiram à palestra: 397
  • Número de participantes que realizaram a prova: 259
  • Número de palavras memorizadas: 60
  • Acertos:
    • 60 acertos: 45,55%
    • Entre 59 e 57 acertos: 18,14%
    • Entre 56 e 54 acertos: 2,7%

Foram desconsideradas 33,61% das provas por apresentarem um número expressivo de erros.

Regras para o recorde coletivo:

  • Palestra com a duração de 40 minutos.
  • As 60 palavras foram passadas em forma de história em um tempo de 10min56.
  • Uma segunda leitura foi feita no tempo de 4min25.
  • Foi realizada ainda, uma terceira leitura no tempo de 3min27.
  • Esse tempo soma 18min48.
  • Depois das palavras memorizadas, foi realizada uma prova oral com duração de 3min04, e uma segunda prova onde as palavras forma ditas de trás para frente, tempo de 2min19.
  • Foi utilizado um total de 5min23 para a realização dessa prova oral, lembramos que as palavras não estavam sendo visualizadas nesse momento.
  • O tempo total para a memorização foi de 24min11, contados desde o momento que as palavras forma apresentadas até o começo da prova escrita.

Leia mais acessando esse link.