Muito prazer, sou vendedor!

Anuncie aos quatro cantos o que você vende.

Você tem tido a coragem de ser um promotor de seu trabalho?

Por que não dizer aos seus conhecidos? Ao seu médico? Ao seu dentista? Aos professores de seus filhos? Aos integrantes de sua comunidade? Aos seus irmãos de igreja? A pessoa que está ao seu lado numa fila?

Por que não fazer uma proclamação com muito ímpeto e honra aos quatro ventos a cada pessoa que você tiver a chance de conhecer?

A questão aqui, é que se você não tem a iniciativa de demonstrar em sua comunicação o orgulho do que você vende, o orgulho da empresa que você representa, certamente a sua fisiologia não convence ninguém.

Infelizmente, tenho percebido um grande número de vendedores que demonstram uma aversão, ou vergonha em revelar o seu meio de vida.

Seria essa atitude uma razão de demonstrar que não há mérito nenhum na profissão de vendas? Será que pessoas que tentam omitir o fato de serem vendedores, teriam maior realização se fossem neurocirurgiões? Ou Físicos nucleares? Ou Advogados? Ou Artistas?

Quem não se orgulha do que faz, jamais terá a orgulho em profissão alguma.

Quem se constrange em dizer no que trabalha, vive uma vida medíocre. Porque tenta encobrir uma parte de sua vida, pois temem o constrangimento de revelar como passam a maior parte dos seus dias. Uma pena!

Devemos ter orgulho de sermos vendedores; eu, assim como muitos amigos, eu tenho, e muito!

Sem a figura de um vendedor não há sociedade econômica que funcione.

Entender a missão de sua profissão é melhor forma de entender a sua importância.

Você deve se sentir assim em relação ao seu trabalho.

Se você acreditar que algumas modificações na sua apresentação pessoal, podem contribuir para sua estima, faça-as sem perda de tempo.

Você deve se parecer com o que você vende.

Quanto mais distante você estiver do que você representa, mais distante também estará o sucesso de seus resultados.

Comece a olhar nos olhos das pessoas e diga o que você faz e para quem você faz.

Faça dessa iniciativa um hábito, mesmo que no início pareça difícil, não desista. Segundo a ciência, se você manter uma rotina por 21 dias ela se torna um hábito.

Se necessário, comece aos poucos e vá avançando. Selecione inicialmente os contatos mais próximos, os amigos e pessoas que mantém boas relações e não sabem o que você faz para ganhar a vida. Conte para eles o que você faz e quem você ajuda.

É mais fácil do que você imagina e prepare-se para colher bons resultados imediatamente.

 

Forte Abraço!

Cláudio Luvizzotti

Sobre o Autor Luvizzotti

Palestrante de Vendas, autor e treinador especialista em otimização de resultados de vendas há 17 anos. Com mais de 250.000 participantes, centenas de empresas em mais de mil eventos realizados. Autor de diversos DVDs de treinamento, autor dos livros "Aprenda para Não Esquecer" e "Vendendo até em Pensamento".

Deixe um Comentário

1 comment
Avatar
Ei vendedor... Você saberia como convencer os outros a comprá-lo? says 29/03/2019

[…] – Um vendedor sabe se expressar. […]

Reply
Add Your Reply